Wesley Safadão e Thyane Dantas podem responder ao Ministério Público por irregularidades na vacinação, em Fortaleza

O artista teria mudado de local propositalmente para receber imunizante da Janssen, que é dose única, enquanto a mulher furou a fila da vacinação.




Celebridades, Fooxicando

O cantor Wesley Safadão e a mulher dele, Thyane Dantas, podem ser chamados para responder ao Ministério Público do Ceará (MPCE) sobre possíveis irregularidades na vacinação contra Covid-19, em Fortaleza.

O MPCE confirmou que vai apurar se o artista trocou propositalmente o local da vacinação com o intuito de receber o imunizante da Janssen, que é dose única; já a digital influencer furou a fila da vacinação, pois não se encaixava no público agendado na capital.

O órgão ministerial informou que ambos, “no momento oportuno poderão sim ser chamados” e que a data para a convocação e resposta dos investigados só serão decididos “após a resposta das informações solicitadas a Secretaria de Saúde de Fortaleza”.

“Devemos sim seguir os ritos e normas pertinentes a todo procedimento investigatório. Isso tudo vai depender do desenrolar das apurações. O MPCE informa que os fatos ainda serão apurados, com responsabilidade e dentro das regras do ordenamento jurídico brasileiro. Ao final, o MPCE decidirá se há elementos concretos para dar continuidade à investigação”, complementou o órgão.

Irregularidades envolvendo o casal

A mulher do cantor cearense Wesley Safadão, a digital influencer e modelo Thyane Dantas, furou a fila da vacinação contra a Covid-19 na manhã desta quinta-feira (8) em um dos pontos de vacinação, em Fortaleza. Além de não estar na lista de pessoas agendadas para receber o imunizante, ela está fora da faixa etária determinada pela Secretaria Municipal da Saúde como público-alvo.

Enquanto a assessoria do cantor diz que Thyane tomou uma das doses da “sangria” (a popular “xepa”), que não é regulamentada na cidade, a Secretaria da Saúde afirma que isso só ocorre após às 17h e com foco em um público específico, o que não foi o caso da digital influencer, que se vacinou no período da manhã. O Ministério Público abriu investigação para apurar se ela furou a fila da vacina.

Fonte: G1 Ceará

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.