Glamour Garcia conta como superou as crises de pânico

Recuperada, Britney de A Dona do Pedaço, teve pânico no início da novela. A Dona do Pedaço é a primeira novela de Glamour, que ainda está se encontrando com a fama e o reconhecimento de pessoas desde a estréia que começou a interpretar Britney em A Dona do Pedaço. Ela é formada em Artes Cênicas e já trabalhou …

Recuperada, Britney de A Dona do Pedaço, teve pânico no início da novela.

A Dona do Pedaço é a primeira novela de Glamour, que ainda está se encontrando com a fama e o reconhecimento de pessoas desde a estréia que começou a interpretar Britney em A Dona do Pedaço. Ela é formada em Artes Cênicas e já trabalhou com teatro e cinema. Na trama, Britney vive um romance com Abel (Pedro Cardoso), que ainda não sabe que é uma mulher trans.
Glamour Garcia é reclusa e discreta na vida pessoal, e confessa que teve uma crise de pânico no início da novela das nove. Ela buscou ajuda profissional para se recuperar.

“Durante a minha vida, as crises de pânico foram bem pontuais e foram diagnosticadas com depressão. Em 2018, após o fim do meu segundo casamento, ficou mais alarmante. Caí totalmente. Não tinha estímulo para nada. Quando uma novela começou, esse mesmo tinha a conta de mim. Dei uma panicada. Procurei profissional, fui medicada e estou tentando adequar uma agenda para retomar uma terapia”, afirmou em uma entrevista ao jornal Extra neste domingo (11).

atriz de 31 anos conta que sai pouco de casa e prefere não tirar fotos com fãs.

Segundo Glamour, muitas pessoas se aproximam dela com curiosidade sobre sua sexualidade. A atriz é uma mulher trans. Nasceu Daniel , mas sempre se viu como mulher. Seu nome social é Daniela –Glamour criou o nome quando trabalhou com performances em festas de música eletrônica em São Paulo.

A atriz conta que tem vontade de fazer operação de redesignação sexual , mas isso não é prioridade em sua vida. 

“Acho Importante falar sobre o assunto, claro. Mas não é apenas que tenho a dizer. Eu Já imaginava que isso seria uma maior curiosidade de todos. Mas não trato como algo exótico . Ha dez anos, existiam poucas referências para o público, e é importante que este caminho se abra, claro. Inclusive para que nós, os artistas, sejamos vistos como artistas, sem ocupar uma prateleira”, afirma.

 Glamour acha que a sua personagem não precisa de contar nada mesmo.

“Nunca é uma mulher que é mulher e este é um direito meu.”

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Erika Souza
Carregar Mais Em Fooxicando

Sobre Erika Souza

A menina louca. Deixo essa definição, pois meu entusiasmo pode parecer loucura. Atuo com comunicação, eventos e desenvolvimento pessoal. Com o convívio a gente se conhece mais.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!